O que é um Reforço estrutural em Pavimentos asfálticos

28ma-recapeamento-siqueira-campos-26
http://www.maceio.al.gov.br/

Quando um pavimento não desempenha mais sua função estrutural ou funcional é necessária a aplicação de uma nova camada de rolamento. Essa camada de rolamento aplicada sobre a camada de pavimento existe, ou recapeamento, é chamado de reforço do pavimento.

Como é realizada a avaliação não destrutiva de Pavimentos

gallery_image_nm_gpr_rapid_pavement_radar
Fonte: http://www.radarportal.com.au

Quando são necessárias algumas inspeções nos pavimentos, devemos levar em conta as deflexões, as camadas e também as condições atuais do pavimento. As avaliações podem ser realizadas de duas formas. A forma destrutiva é aquela onde é executada uma trincheira que permita as avaliações, como por exemplo determinar espessuras das camadas e também os materiais que foram utilizados nesse pavimento.

Como realizar a avaliação estrutural destrutiva dos pavimentos

Os pavimentos são estruturas não perenes, ou seja, com o passar dos anos vão sofrendo deformações e tornando-se inapropriados para o novo tráfego de determinada via. Essa falta de capacidade em suportar o tráfego, e o surgimento de patologias exigem uma avaliação do estado do pavimento para ser adotada uma nova medida, seja ela uma reconstrução ou  um reforço estrutural.

A avaliação estrutural contempla a caracterização completa de elementos e variáveis estruturais dos pavimentos, de uma forma que possibilite a descrição do comportamento em relação as cargas do tráfego e definir sobre a capacidade do pavimento. Caracterizar a estrutura do pavimento implica em determinar os materiais e também as espessuras de cada elemento estrutural, incluindo solo de subleito e integridade das camadas, por meio de parâmetros estruturais e também medidas de deformações. A Figura 1 ilustra uma avaliação destrutiva do pavimento.

poc3a71
Figura 1 – Avaliação destrutiva do pavimento. Fonte: http://stratosondagens.blogspot.com.br

Como dimensionar pavimentos flexíveis pelo método do DNER (Atual DNIT)

pav-flexivel
O dimensionamento de um pavimento consiste na determinação das espessuras das camadas, e dos tipos de materiais que serão utilizados, como forma de construir uma estrutura capaz de suportar a um determinado volume de tráfego pré estabelecido pelo horizonte de projeto e nas condições climáticas.

Os pavimentos podem apresentar diversos modelos de ruptura, como foi apresentado anteriormente. A ruptura em que é verificada a incapacidade do pavimento de suportar as cargas aplicadas e apresenta deformações plásticas é caracterizada de ruptura plástica e estrutural.  Quando o pavimento não atende mais ao usuário, de forma a não propiciar o conforto e a segurança ao rolamento, caracteriza uma ruptura de natureza funcional. Dessa forma é necessário estabelecer um ou mais tipos de ruptura para o projeto.

Conheça o ensaio CBR e sua aplicação na Pavimentação!

O ensaio do índice de suporte califórnia, também chamado pelo original em inglês – California Bearing Ratio (CBR) –  é o principal método de avaliação da resistência do solo para o dimensionamento de pavimentos pelo método do DNER (1981). O Ensaio de índice de suporte Califórnia tem por função determinar a resistência a penetração no solo através de um pistão padronizado, de 20 centímetros quadrados de área, em relação a uma brita padrão e também a expansão da amostra através da diferença inicial e final de volume.

No final da década de 1920 quando o engenheiro Porter realizava extensas investigações sobre as causas de rupturas em pavimentos flexíveis em rodovias, às investigações apontavam que as causas mais comuns da ruptura eram os deslocamentos do solo do subleito e a consolidação diferencial das camadas. A Figura 1 ilustra os equipamentos utilizados no ensaio CBR.

IMG_20170130_153018715
Figura 1 – Equipamentos do Ensaio

O que é Equivalência de Cargas e como calcular o Número de Repetições do Eixo Padrão

Fonte da Figura: https://planetacaminhao.com.br/

Determinar o número de veículos que trafegam ao longo de uma via é extremamente importante para o dimensionamento dos pavimentos. Entretanto, além de determinar o número de veículos deve-se determinar quais são os veículos trafegam com base em seus eixos. Os veículos apresentam diferentes tipos de eixos e cada um causa um dano diferente ao pavimento.

Dessa forma, para o dimensionamento dos pavimentos é necessária a introdução de um conceito chamado de “Equivalência de Cargas”, o qual surge da observação de que para uma mesma estrutura do pavimento os efeitos destrutivos ocasionados ao longo do tempo, por veículos diferentes, também são desiguais.

%d blogueiros gostam disto: