Como realizar a dosagem de misturas asfálticas pelo Método Marshall

CBUQ_aplicado_com_vibroacabadora
Fonte: http://asfaltodequalidade.blogspot.com

Dosar uma mistura asfáltica consiste em determinar um teor ótimo de ligante asfáltico para uma determinada faixa granulométrica, a qual é previamente definida. Segundo Bernucci, Motta, Ceratti e Soares (2008), durante a evolução dos procedimentos de dosagem, diversas formas de compactação de amostras vêm sendo desenvolvidas. Dependendo do sistema a compactação pode ser realizada através de impacto, amassamento, vibração ou rolagem.

Qual a importância do Peso e do Tamanho das Aeronaves para um Aeroporto

maxresdefault

A frota de um aeroporto é composta por aeronaves de diversos tamanhos, pesos e características. O conhecimento das dimensões das aeronaves é importante para o correto projeto e funcionamento de um aeroporto, pois suas dimensões ditam algumas “regras” para áreas específicas.

Em um projeto de Pavimentos Aeroportuários o peso e disposição do trem de pouso são fundamentais para a análise. Engana-se aquele que pensa que as aeronaves mais pesadas, como o Airbus A380 por exemplo, representam a situação mais crítica. Isso porque não só o peso, mas também o número de rodas e consequentemente o espraiamento das tensões através das rodas é o que dita esse dimensionamento.

Como dimensionar Pavimentos flexíveis pelo Método da AASHTO (1993)

pav2

Em 1981 o DNER apresentou o método de dimensionamento de pavimentos flexíveis, o qual é baseado em resultados do United States Army Corps of Engineers (USACE) e em conceitos obtidos da pista experimental da AASHO. Esse método além de ser o apresentado aos graduandos em Engenharia, também é um dos mais utilizados pelos Engenheiros no Brasil enquanto o “novo método” de dimensionamento mecanístico-empírico é desenvolvido pelo DNIT.

Contudo, em 1993 a AASHTO apresentou o seu método de dimensionamento de pavimentos flexíveis, como uma atualização ao método anterior da AASHTO, o qual a base do método também é empírica e resultado da pista experimental da AASHO. Essse método apresenta como principais parâmetros de análise os seguintes itens:

Análise da Equivalência estrutural em Pavimentos Asfálticos

fatigue cracking

O método de dimensionamento do DNER (1981) busca atender o parâmetro de ruptura do material de subleito medido no ensaio CBR. Com isso, o modelo para avaliações e espessuras está relacionado com a diminuição de tensões cisalhantes no subleito e, de forma implícita, diminui as deformações no topo da camada de subleito. As avaliações de tração na fibra inferior do revestimento, e deflexões do topo de revestimento, não são considerados nesse método.

Com base no dimensionamento de pavimentos flexíveis do DNER é possível variar as espessuras do pavimento, sendo que o método apresenta certas recomendações de espessuras do revestimento com base no número de repetições do eixo padrão. Por apresentar um fator de equivalência entre materiais, acaba possibilitando diminuir espessura de materiais mais custosos, como os betuminosos, e aumentar a espessura de materiais granulares para compensar essa diminuição.

Como avaliar a condição dos pavimentos no Pavement Condition Index

bdbr_chama_08_20151109065441

Recentemente apresentamos a Avaliação Funcional dos Pavimentos, como um modo de avaliar as condições de serventia dos pavimentos. Esse artigo, tem por objetivo apresentar um modo de avaliar os pavimentos: O Índice de Condição do Pavimento ou Pavement Condition Index.

Objetivo das Barras de Transferência e Barras de Ligação em Pavimentos de Concreto

Barras de Transferência de Carga

barra-transferencia
Figura 1 – Barra de Transferência de Carga. Fonte: https://www.manetoni.com.br

O que é a Avaliação Funcional dos Pavimentos

a1

Em alguns artigos sobre a Infraestrutura de Transportes tratamos sobre a Avaliação Estrutural de pavimentos, levando em consideração as Avaliações estruturais destrutivas e as Avaliações estruturais não destrutivas.

Como uma breve recordação, avaliações estruturais destrutivas são aquelas auxiliadas por um poço ou trincheira, de forma a conseguir avaliar e mensurar as espessuras e camadas dos pavimentos. Isso possibilita ainda identificar os materiais utilizados em cada camada. As avaliações estruturais não destrutivas, por sua vez, são aquelas que utilizam ondas eletromagnéticas para identificar espessuras e materiais com base em uma calibração prévia. 

Os 4 tipos de Juntas em Pavimentos de Concreto

3543372497_34d24d4a9e

Em pavimentos de concreto é necessária a utilização de juntas, seja para o caso de continuar uma concretagem ou para o enfraquecimento guiado de uma região da placa de concreto. Os tipos mais comuns de juntas aplicados em pavimentos são:

  • Junta de Contração
  • Junta de Expansão
  • Junta de construção
  • junta de isolamento

Para o caso de juntas de construção, a fissura não é induzida para a região pois a separação entre as placas ocorre naturalmente e é necessário apenas a selagem superficial da junta. A Figura 1 ilustra a junta de construção com selagem em pavimentos.

9 Propriedades do Concreto endurecido

foto2-4web.png

O Concreto apresenta duas fases, a fase fresca que ocorre logo após a dosagem e dura até o fim do processo de cura, e a fase endurecida. As propriedades do concreto fresco foram apresentadas anteriormente, como por exemplo a retração térmica, o abatimento e a segregação. Agora, trataremos especialmente sobre as propriedades do concreto endurecido.

Retração por secagem

3 Propriedades do Concreto Fresco

produto7_maior

O Concreto após dosado apresenta duas fases, uma fresca e uma endurecida. Essas fases apresentam propriedades distintas, que devem ser analisadas de forma gerar uma estrutura resistente. Nessa primeira parte, iremos analisar apenas as propriedades do concreto fresco.

Trabalhabilidade

A trabalhabilidade é uma propriedade do concreto fresco que mede a resistência de determinada massa de concreto opõe ao seu movimento. De forma mais genérica e simples, a trabalhabilidade mede a consistência de um concreto fresco.

%d blogueiros gostam disto: