Conheça as 4 Atividades de Reabilitação em Pavimentos

fresa
Fonte: Autor desconhecido

Quando o pavimento já encontra-se em um nível mais severo de danos são necessárias as atividades de reabilitação. Dentro das principais atividades destacam-se a fresagem, reciclagem, recapeamento estrutural e a reconstrução total ou parcial do pavimento.

FRESAGEM (PAVEMENT MILLING)

A Fresagem consiste na remoção do revestimento antigo deteriorado e pode ser aplicado para reciclagem caso ainda apresente boas propriedades. Os processos de fresagem e reciclagem serão detalhados futuramente. A Figura 1 ilustra a fresagem.

riopar
Figura 1 – Fresagem de Pavimentos. Fonte: http://www.rioparfresagem.com.br/

RECICLAGEM (RECLAIMED ASPHALT PAVEMENT)

A reciclagem de pavimentos é uma técnica utilizada para renovar ou rejuvenescer misturas asfálticas envelhecidas. Além disso, pode ser utilizada para corrigir defeitos como corrugações, agregados polidos e exsudações em pavimentos.

No processo de reciclagem, o revestimento asfáltico é escarificado por processo de fresagem, aquecido, misturado, lançado e compactado novamente em campo. Normalmente são utilizados agentes recicladores ou ligantes novos para garantir as propriedades da nova mistura. Caso apresente ainda novos agregados, para correção da curva granulométrica ou CAP, a mistura reciclada pode ser utilizada como revestimento novamente.

RECAPEAMENTO ESTRUTURAL (RESURFACING)

O recapeamento estrutural é a construção de uma ou mais camadas asfálticas sobre um pavimento já existente. É possível ler mais sobre esse tipo de atividade de reabilitação, aqui. O dimensionamento de recapeamento você encontra aqui.

RECONSTRUÇÃO (RECONSTRUCTION)

A reconstrução é aplicado para casos mais severos quando o pavimento está totalmente deteriorado e não é realizada manutenção ou reabilitação a tempo. No caso de problemas com sistema de drenagem, a reconstrução é a única solução para melhoria.

Esse artigo foi útil para você? Compartilhe esse artigo para que outras pessoas entendam esse conceito da Pavimentação. Se tiver dúvidas, deixe nos comentários que elas serão respondidas!

Siga nas redes sociais abaixo para acompanhar nosso trabalho!

60312da1fe41b1f2a8a84e4c959b4e0e

if_linkedin_circle_color_107178

aaa

Fontes:

BALBO, José Tadeu, “PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA: Materiais, projeto e restauração”. São Paulo, 2007.

BERNUCCI, L.B; MOTTA, L.M.G; CERATTI, J.A.P; SOARES, J.B. “PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA: Formação básica para Engenheiros”. Rio de Janeiro, 2008.

JÚNIOR, J.L.F; “Notas de Aulas da disciplina de Sistema de Gerência de Pavimentos“. Escola de Engenaharia de São Carlos (USP-EESC). São Carlos, 2018.

PEIXOTO, Creso de Franco; “GENERALIDADES DE PAVIMENTAÇÃO RODOVIÁRIA”. Rio Claro, 2003.

PRIETO, Valter; “NOTAS DE AULA – SUPERESTRUTURA RODOVIÁRIA”. Centro Universitário da FEI. São Bernardo do Campo, 2016.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: