Conheça os 3 Tipos de Fresagem

Blog_11 (1)
Tipos de Fresagem. Fonte: http://asfaltodequalidade.blogspot.com

A fresagem é uma das atividades de reabilitação em um sistema de gerência de pavimentos, a qual consiste na retirada de um pavimento deteriorado ou que tem como objetivo a reciclagem. Dependendo do grau de deterioração da camada asfáltica, o pavimento pode precisar de diferentes tipos de fresagem.

FRESAGEM SUPERFICIAL (SUPERFICIAL MILLING)

A Fresagem superficial, ou também conhecida como fresagem de regularização, é aquela que tem como objetivo a correção de defeitos superficiais em pavimentos, como por exemplo corrugações e exsudações.

FRESAGEM RASA (SHALLOW MILLING)

A fresagem rasa possui uma profundidade média de corte de aproximadamente 5 centímetros, podendo chegar até a camada de binder dos pavimentos. Esse tipo de fresagem é utilizada para correção de defeitos funcionais e também para remendos superficiais.

Ao realizar a fresagem rasa, a textura resultante da camada aumenta a ligação e a resistência ao cisalhamento entre a camada antiga e a nova camada de revestimento. A Figura 1 ilustra a textura.

fresa
Figura 1 – Textura da fresagem.

FRESAGEM PROFUNDA (DEEP MILLING)

Na fresagem profunda, o corte pode alcançar até a camada de base e sub-base do pavimento. Esse tipo de fresagem geralmente é utilizada em intervenções e para corrigir o perfil original da via.

Para pavimentos urbanos, a execução de uma nova camada de revestimento é acompanhada de uma fresagem em cunha, ou fresagem em garra, que tem como função promover ancoragem da camada. A Figura 2 ilustra o procedimento.

cunha
Figura 2 – Fresagem em Cunha para aplicação de nova camada. Fonte: ESTEVES (2014)

Esse artigo foi útil para você? Compartilhe esse artigo para que outras pessoas entendam esse conceito da Pavimentação. Se tiver dúvidas, deixe nos comentários que elas serão respondidas!

Siga nas redes sociais abaixo para acompanhar nosso trabalho!

60312da1fe41b1f2a8a84e4c959b4e0e

if_linkedin_circle_color_107178

aaa

Fontes:

BALBO, José Tadeu, “PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA: Materiais, projeto e restauração”. São Paulo, 2007.

BERNUCCI, L.B; MOTTA, L.M.G; CERATTI, J.A.P; SOARES, J.B. “PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA: Formação básica para Engenheiros”. Rio de Janeiro, 2008.

ESTEVES, S.F. “RECICLAGEM DE PAVIMENTOS BETUMINOSOS: INFLUÊNCIA DA GRANULOMETRIA NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE MISTURAS RECICLADAS A FRIO COM EMULSÃO“. Tese de Mestrado: Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Porto, 2014.

PEIXOTO, Creso de Franco; “GENERALIDADES DE PAVIMENTAÇÃO RODOVIÁRIA”. Rio Claro, 2003.

PRIETO, Valter; “NOTAS DE AULA – SUPERESTRUTURA RODOVIÁRIA”. Centro Universitário da FEI. São Bernardo do Campo, 2016.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: