Conheça a primeira estrada pavimentada!

Copy of Copy of Copy of Copy of engenharia com Strategies (2)

Os pavimentos são estruturas que estão presentes em nossas vidas e solicitamos estas estruturas todos os dias para nos deslocar, seja pelas ruas de uma cidade ou pelas rodovias. Mas você sabe como surgiu a pavimentação?

No vídeo de hoje do Além da Inércia falamos sobre o surgimento do conceito de pavimentação e como foi a primeira estrada pavimentada! Acesse novo vídeo para conhecer estes pavimentos!

Fumos de Asfalto – Conheça as consequências ambientais do aquecimento de Misturas Asfálticas!

GE DIGITAL CAMERA
Figura 1 – Efeitos do Aquecimento de Misturas Asfálticas. Fonte da Figura: https://asphaltpa.com.br/

As misturas asfálticas, e em mais específico o concreto asfáltico usinado a quente, são utilizadas em quase todas as obras de infraestrutura rodoviária no Brasil e no mundo. Essas misturas usinadas são, em sua maioria, aquecidas em temperaturas da ordem de 150°C a 170°C. Como vimos no artigo sobre oxidação do ligante asfáltico, o aquecimento em elevadas temperaturas faz com que parte oleosa (aromáticos) diminua e os asfaltenos aumentem, gerando um envelhecimento de curto prazo no processo de usinagem.

Mas por que aquecer a mistura asfáltica? Vamos relembrar!

O aquecimento para o processo de usinagem de uma mistura asfáltica a quente tem 3 objetivos. O primeiro objetivo está relacionado com a secagem dos agregados, pois caso o agregado possua umidade pode ocorrer um processo conhecido como “stripping“. O stripping consiste da perda de aderência entre ligante e agregado e que começa, geralmente, da parte inferior da camada asfáltica.

Como dimensionar as Barras de Transferência em Pavimentos de Concreto

barras-de-transferencia-manetoni
Fonte da Figura: https://manetoni.com.br

As barras de transferência são aquelas posicionadas ao longo das juntas transversais dos pavimentos, e como o próprio nome já diz elas tem função de transferir parte da carga que uma placa recebe para a outra placa de concreto. O objetivo de transferir carga é porque as tensões e deflexões nas juntas são muito menores quando compartilhadas entre placas.

Uma barra de transferência cumprindo seu papel pode minimizar a formação de degraus (faulting) entre placas de pavimentos de concreto e prevenir o bombeamento de finos (pumping), o qual é utilizado como fator de projeto pelo método de dimensionamento da PCA (1984).

Aplicação de Rodas Duplas para Cálculo de Tensões do Tráfego em Pavimentos de Concreto

pavimento-de-concreto
Fonte da Imagem: http://infraroi.com.br/

No último artigo sobre Pavimentos de Concreto nós conversamos um pouco sobre o cálculo de tensões e deformações devido a solicitação causada pelo tráfego. Entretanto, foi informado que aquelas equações consideram apenas a aplicação de uma roda sobre o pavimento, algo totalmente irreal quando considerado um veículo rodoviário.

Dessa forma, precisamos de algumas alterações ou a introdução de um conceito para que o peso total do veículo (mais rodas) sejam consideradas na solicitação do pavimento. Quando um conjunto de rodas solicita o pavimento é necessário que essa carga seja convertida em uma área circular equivalente, contemplando o peso total.

Aprenda a calcular Tensões e deflexões devido o Tráfego em Placas de Concreto

pav_concreto
Fonte Imagem: http://viasconcretas.com.br

A solicitação causada pelo tráfego nas placas de concreto pode ser determinada de 3 formas distintas, sendo elas através das soluções analíticas, dos gráficos de influência desenvolvidos ou então com auxílio de análises computacionais com o método dos elementos finitos.

Nesse artigo iremos conversar um pouco sobre as soluções analíticas, calculando tensões e deformações no canto da placa, no interior da placa e na borda da placa. As soluções apresentadas abaixo aplicam-se quando é considerada apenas 1 roda, para demais rodas iremos abordar no próximo artigo.

Quando realizar atividades de Manutenção e Reabilitação nos Pavimentos?

manu
Figura 1 – Remendos em pavimento. Fonte da Figura: Autor desconhecido

A conservação dos pavimentos pode ser definido como um conjunto de serviços que tem como objetivo a preservação dos pavimentos nas condições em que ele foi originalmente construído. As atividade de manutenção e reabilitação devem ser executadas com um certo grau de periodicidade, e é definida no planejamento do sistema de gerência de pavimentos em nível de rede.

Os principais objetivos dessas atividades são:

  • Prolongar a vida útil da rodovia
  • Reduzir o custo de operação dos veículos
  • Contribuir para que as rodovias fiquem sempre abertas ao tráfego
%d blogueiros gostam disto: