Como realizar a Distribuição de carga nos dormentes Ferroviários

Rail-anchor

Conforme apresentado no artigo específico sobre dormentes, com base nas pesquisas realizadas, esses recebem cerca de 40% da carga imposta no boleto dos trilhos. Entretanto é necessária uma análise da distribuição de carga nos dormentes.

O espaçamento entre dormentes é calculado em função da pressão admissível (Padm) sobre o lastro, da área de soca (A), da carga da roda majorada (Q) e do coeficiente de impacto (Cd). Conforte Equação 1.

Entenda as Solicitações nos Dormentes

trem-obras-sam
Fonte: https://nordestenoticias.wordpress.com

Os dormentes recebem uma certa porcentagem das solicitações provenientes das rodas nos trilhos. Segundo PAIVA (2016) os estudos e pesquisas de engenharia ferroviária mostraram que uma dada carga Q dos veículos ferroviários carrega os dormentes com aproximadamente 40% da carga Q.

Você conhece os tipos de Dormentes de Concreto?

imagem_01_tracktec
Fonte: http://tracktec.eu/

Com o aumento dos custos da madeira, e consequentemente com a difícil aquisição do produto devido a necessidade de reflorestamento, após a Segunda Grande Guerra os países da Europa começaram a substituir os dormentes de madeira pelos de concreto.

Normalmente esses dormentes são utilizados em vias com tráfego intenso e com pouca possibilidade de manutenção constante. Os dormentes de concreto podem ser de três tipos:

Vantagens e desvantagens dos Dormentes de Aço

dormvale-300x224
Fonte: http://www.mimf.com.br/

Os dormentes de madeira possuem vida útil reduzida pois podem sofrer danos provenientes de fungos, insetos ou devido apodrecimento devido a presença de água. Com isso, outros tipos de dormentes podem ser utilizados em vias férreas.

Os dormentes de aço são formatos por chapas metálicas em forma de “U” virado para baixo e são fixados no lastro. Apresentam vida útil superior aos dormentes de madeira, variando de 25 até 50 anos. Além disso, é uma solução mais leve, o que implica em fácil transporte e aplicação em campo.

Vantagens e desvantagens dos Dormentes de Madeira

O tráfego ferroviário gera esforços no boleto dos trilhos, os quais são transmitidos para patins dos trilhos e depois para os dormentes. Os dormentes (Railway Sleepers) são dispostos de forma transversal ao sentido de movimentação dos veículos, e ficam logo abaixo dos trilhos, Conforme Figura 1.

150804-ferrovia
Figura 1 – Dormentes e trilhos. Fonte: https://www.portosenavios.com.br
%d blogueiros gostam disto: