3 Propriedades do Concreto Fresco

produto7_maior

O Concreto após dosado apresenta duas fases, uma fresca e uma endurecida. Essas fases apresentam propriedades distintas, que devem ser analisadas de forma gerar uma estrutura resistente. Nessa primeira parte, iremos analisar apenas as propriedades do concreto fresco.

Trabalhabilidade

A trabalhabilidade é uma propriedade do concreto fresco que mede a resistência de determinada massa de concreto opõe ao seu movimento. De forma mais genérica e simples, a trabalhabilidade mede a consistência de um concreto fresco.

A trabalhabilidade é medida pelo ensaio de abatimento (Slump test) assim como em qualquer outro tipo de estrutura que utilize concreto. A Tabela 1 abaixo apresenta os abatimentos utilizados em estruturas de pavimentos.

concretos
Tabela 1 – Abatimentos típicos para Pavimentação. FONTE: Balbo (2009)

De modo geral, os valores de abatimento de 0 à 20 são considerados concretos secos. De 20 a 160 são considerados normais e maior que 160 são concretos fluidos.

Segregação e Exsudação

A segregação consiste no movimento das partículas grossas do concreto no sentido descendente da estrutura, causando uma separação dos agregados. A exsudação, por sua vez, consiste na tendência de movimento ascendente das partículas finas com água, gerando um excesso de pasta de cimento na superfície do pavimento.

A segregação pode ocorrer devido o transporte do concreto sem misturar, devido a presença excessiva de finos na mistura, vibração excessiva ou quando os concretos são muitos fluidos.

A exsudação acaba como uma consequência da segregação, formando uma película de nata de cimento na superfície. Essa nata de cimento na superfície é frágil e será arrancada com a movimentação dos veículos no pavimento. Em pavimentos aeroportuários, essas partículas arrancadas podem ser sugadas pelas turbinas das aeronaves, prejudicando e até causando acidentes.

Para evitar esses problemas no pavimento de concreto, deve-se utilizar relações baixas de água/cimento e evitar o excesso de vibração.

Retração Plástica

A retração plástica é outro tipo de defeito que deve ser evitado em estruturas de pavimentos de concreto que apresentam área elevada. A retração plástica está associada a evaporação da água na superfície dos pavimentos, que ocorre antes do final da pega.

Para evitar a retração, assim como ocorre em outras estruturas de concreto, deve-se manter o substrato umedecido. Além disso, evita-se o desempenamento excessivo da superfície e o trabalho com concretos frios em regiões quentes. O uso de corta ventos e proteção solar com tendas, realizar a concretagem no período noturno e etc são algumas alternativas para evitar esses defeitos no pavimento.

Esse artigo foi útil para você? Compartilhe esse artigo para que outras pessoas entendam esse conceito dos Pavimentos de Concreto. Se tiver dúvidas, deixe nos comentários que elas serão respondidas!

Siga nas redes sociais abaixo para acompanhar nosso trabalho!

60312da1fe41b1f2a8a84e4c959b4e0e

if_linkedin_circle_color_107178

aaa

FONTES:

PRIETO, Valter; “Notas de Aulas da disciplina de Superestrutura Rodoviária”. Centro Universitário da FEI. São Bernardo do Campo, 2016.
BALBO, José Tadeu, “PAVIMENTOS DE CONCRETO”. São Paulo, 2009.
PEIXOTO, Creso de Franco; “Generalidades de Pavimentação Rodoviária”. Rio Claro, 2003.
MEDINA, J; MOTTA, L.M.G. “Mecânica dos Pavimentos”. Rio de Janeiro, 2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: