Qual é a velocidade real de uma Aeronave? Entenda a diferença entre as 3 velocidades do avião!

pouso_aviao_conta_vento
O vento ocorre em cada hemisfério e permite equilibrar a diferença entre densidades e pressões, chamado de alísios. O vento que ocorre na parte mais elevada da troposfera é chamado de “correntes de jato” e são determinados pelos balões meteorológicos.

O avião deve seguir um planejamento para chegar ao seu destino e, para isto, são identificados alguns elementos durante o voo. A Rota é a linha que um avião irá seguir. O Rumo por sua vez é o ângulo entre a linha de rota e o Norte. E a Proa é o ângulo entre o eixo longitudinal da Aeronave e o Norte. A Figura 1 ilustra esses elementos.

rota
Figura 1 – Rota, Rumo e Proa.

Durante o voo são identificáveis algumas velocidades relativas à aeronave. A velocidade que é indicada pelo velocímetro da aeronave é  função da diferença de pressão entre o ar estático e o ar dinâmico, determinado pelo tubo de pitot, chamado de “Indicated Air Speed” (IAS).  A velocidade que é determinada em relação ao ar é a velocidade aerodinâmica, conhecida no meio técnico de “True Air Speed” (TAS). A TAS é a velocidade indicada no velocímetro corrigida com a altitude e a temperatura em relação ao ISA.(Equação 3). A velocidade de uma aeronave em relação ao solo é chamada de “Ground Speed” (GS). Há outras velocidades conhecidas como por exemplo a V1, V2 e Match que serão exploradas em artigos futuros.

Para determinar a TAS são necessários ajustes na IAS.  O primeiro ajuste é referente a temperatura em relação a altitude. No artigo sobre ISA (International Standard Atmosphere) foram apresentados os dados padrões de um dia. Como a temperatura diminui a medida que aumentamos a altitude, o gradiente é definido em função da diferença de altura do voo com a altitude do aeroporto através da Equação 1.

voo
Equação 1 – Gradiente de Temperatura

Após definir o gradiente de temperatura segundo o ISA, define-se a temperatura de voo através da Equação 2.

voo2
Equação 2 – Temperatura de voo

Por fim, a “True Air Speed“, ou seja, a velocidade da aeronave em relação a massa de ar, é definida pela Equação 3 utilizando a temperatura de voo e a velocidade indicada no velocímetro (IAS). Vale ressaltar que a velocidade é muitas vezes indicada em nós, dessa forma 1 nó equivale a 1,852 quilômetros por hora.

tas
Equação 3 – True Air Speed

Uma aeronave não voa em relação à altitude real e sim em altitude – pressão, ou seja altitude que não leva em conta a temperatura do ar e sim a densidade. Dessa forma, evita-se inserir mais um elemento de erro entre as aeronaves. Com isso é garantido maior precisão de diferença de altitude entre aeronaves na mesma rota. Quando uma aeronave vai pousar ela solicita a correção da altitude para o aeroporto de destino.

Esse artigo foi útil para você? Compartilhe com outras pessoas para que elas possam entender também a diferença entre as velocidades de um avião. Se tiver dúvidas, deixe nos comentários que elas serão respondidas!

Siga nas redes sociais abaixo para acompanhar nosso trabalho!

60312da1fe41b1f2a8a84e4c959b4e0e

if_linkedin_circle_color_107178

aaa

FONTES:

PEIXOTO, C.F. “NOTAS DE AULA DA DISCIPLINA DE AEROPORTOS”. Centro Universitário da FEI: São Bernardo do Campo, 2017.

PEIXOTO, C.F. “INTRODUÇÃO À ENGENHARIA AEROPORTUÁRIA”. Rio Claro, 2015.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: