Conheça a Camada Porosa de Atrito (CPA) – O pavimento asfáltico poroso!

g_4qasilvx-pfcs_rodovia-1200x545_c

Fonte da Figura: Autor desconhecido.

O revestimento asfáltico mais comum empregado no Brasil é o Concreto Betuminoso Usinado a Quente, o CBUQ. Como já tratado em artigos anteriores, que você encontra aqui, o CBUQ é impermeável pois passa por um rigoroso controle de qualidade permitindo vazios apenas para variações de temperatura. Com a evolução do pavimento asfáltico surgiram também misturas porosas, conhecidas como Pavimentos Drenantes.

Características do CBUQ – A principal mistura asfáltica utilizada no Brasil!

Fonte da Figura: http://www.satel.com.br/

O concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ), conhecido também como concreto asfáltico usinado a quente (CAUQ), pode ser considerado a mais comum e tradicional mistura asfáltica quente utilizada no Brasil. O material está descrito na DNIT 031/2006.

O CBUQ é resultado da mistura de agregados, em geral bem graduados, de material fino para enchimento (filer) e do cimento asfáltico de petróleo (CAP). A massa formada pela mistura entre CAP e filer é chamada de mastique asfáltico, e além de preencher os vazios na mistura, o filer tem por função aumentar a viscosidade do material.

O que são Materiais Estabilizados Quimicamente

Fonte da Figura: https://obrasemaquinaspesadas.com.br/

Como mencionado nos últimos artigos, os materiais geralmente empregados em bases e sub-bases podem ser estabilizados mecanicamente, como por exemplo Britas Graduadas Simples, Macadames e Bicas Corridas, ou estabilizados quimicamente através da utilização de cimento, cal ou polímeros.

Quais são as características básicas dos Agregados para pavimentação

pavimentacao02
Figura 1 – Características dos Agregados para pavimentação. Fonte da Figura: Autor Desconhecido.

Ao selecionar agregados que irão compor as misturas betuminosas, ou as camadas de base e sub-base, devemos levar em considerações algumas características importantes desses materiais e que podem comprometer o seu desempenho estrutural, ou até mesmo funcional. Os agregados além de resistirem aos esforços mecânicos devem proporcionar uma adesividade ao material, dessa forma algumas características entram em destaque.

Qual a diferença entre Pintura de Ligação e Imprimação asfáltica?

DSC_001718-600x399
Figura 1 – Aplicação de Imprimação. Fonte da Figura: https://www.pmvc.ba.gov.br/

Para os ligantes asfálticos, como por exemplo o emprego em imprimações asfálticas, são utilizados Asfaltos diluídos de Petróleo (ADP) ou emulsões asfálticas (EAP). Basicamente a diferença está no modo como o CAP torna-se liquido. Os métodos serão tratados a seguir.

Asfalto Diluído de Petróleo (ADP)

Os asfaltos diluídos de petróleo são cimentos asfálticos liquefeitos com a adição de uma mistura de solvente. Os ADP apresentam menor viscosidade e podem ser aplicados em temperaturas mais baixas, podendo ser classificados em “Cura Rápida” ou “Cura Média”.

Conheça a classificação de solos HRB para Pavimentos Rodoviários

Fonte da Figura: Rafael Manzutti / http://www.sinfra.mt.gov.br/

Antes de começar a dissertar sobre esse tema é bom que você tenha em mente que serão utilizados daqui em diante diversas nomenclaturas e conceitos de mecânica dos solos, portanto é bom dar uma revisada no tema.

Qual é a função de um pavimento?

Fonte da Figura: Márcio Vieira/Governo do Tocantins

O Pavimento é uma estrutura que não permanece por longo período de tempo, chamada por BALBO (2007) como uma estrutura não perene. Mais do que isso, o pavimento é composto por diversas camadas sobrepostas de diferentes materiais, que são compactados a partir do subleito. O subleito é chamada também de CFT – Camada Final de Terraplenagem – e caso você tenha já algum conhecimento de obras rodoviárias é o seu greide em um desenho geométrico viário.

Como realizar a Locação Topográfica

foto_33

A locação é o processo de demarcar no terreno alguns pontos definidos no projeto e que auxiliaram ou visam a implantação de uma obra. Com a locação nós iremos determinar a localização exata na obra onde serão colocados pilares, fundação, linhas de divisória de loteamento e etc.

Métodos de Nivelamento em Topografia

nivelamento_146211

O Nivelamento é uma atividade da topografia extremamente importante e necessária para obras, toda e qualquer tipo de obra da engenharia civil requer um levantamento topográfico. Essa atividade permite determinar as altitudes com relação a alguma referência relativa. Vários são os métodos pelos quais podemos realizar o nivelamento, aqui iremos tratar de dois, sendo eles o “Nivelamento Geométrico” e a “Taqueometria

Como calcular as coordenadas de uma poligonal

Mappa catastale con teodolite

O cálculo de coordenadas  é um assunto essencial para a topografia. Ele será muito utilizado nos próximos tópicos que iremos tratar, principalmente na hora de realizar uma locação de obra, por exemplo, ou alinhamento de pilares.

%d blogueiros gostam disto: