Qual é a função de um pavimento?

Fonte da Figura: Márcio Vieira/Governo do Tocantins

O Pavimento é uma estrutura que não permanece por longo período de tempo, chamada por BALBO (2007) como uma estrutura não perene. Mais do que isso, o pavimento é composto por diversas camadas sobrepostas de diferentes materiais, que são compactados a partir do subleito. O subleito é chamada também de CFT – Camada Final de Terraplenagem – e caso você tenha já algum conhecimento de obras rodoviárias é o seu greide em um desenho geométrico viário.

Mas afinal, qual a função de um pavimento? O Pavimento tem por função proteger o subleito das solicitações horizontais e verticais, garantindo dessa forma conforto e segurança na via a um mínimo custo.

As camadas do pavimento são concebidas de forma a aliviar as tensões sobre as camadas inferiores, dessa forma a carga solicitada na primeira camada é aliviada para que o subleito receba apenas uma parcela dessa solicitação. Um bom dimensionamento das camadas do pavimento garantem durabilidade e conforto. O pavimento pode ser também dividido em duas categorias, os pavimentos flexíveis e os pavimentos rígidos. Os pavimentos rígidos são aqueles compostos por materiais de Cimento Portland. Os pavimentos flexíveis são aqueles compostos por materiais betuminosos. Nesse primeiro instante, abordaremos apenas os flexíveis, pois são os mais usualmente utilizados no Brasil.

De forma mais genérica, o pavimento pode ser definido nas seguintes camadas:

1. Revestimento
2. Base
3. Subbase
4. Reforço de Subleito
5. Subleito

Todo pavimento deve possuir no mínimo as camadas de revestimento e subleito. Dessa forma, o termo “pavimento de pontes” é considerado um termo incorreto por não possuir a camada de subleito, como destaca BALBO (2007) no livro “Pavimentação Asfáltica – Materiais, projeto e restauração”.

Esse artigo foi útil para você? Compartilhe esse artigo para que outras pessoas entendam esse conceito dos pavimentos. Se tiver dúvidas, deixe nos comentários que elas serão respondidas!

Siga nas redes sociais abaixo para acompanhar nosso trabalho!

60312da1fe41b1f2a8a84e4c959b4e0e

if_linkedin_circle_color_107178

aaa

Referências:

BALBO, José Tadeu, “PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA: Materiais, projeto e restauração”. São Paulo, 2007.

BERNUCCI, L.B; MOTTA, L.M.G; CERATTI, J.A.P; SOARES, J.B. “PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA: Formação básica para Engenheiros”. Rio de Janeiro, 2008.

PEIXOTO, Creso de Franco; “GENERALIDADES DE PAVIMENTAÇÃO RODOVIÁRIA”. Rio Claro, 2003.

PRIETO, Valter; “NOTAS DE AULA – SUPERESTRUTURA RODOVIÁRIA”. Centro Universitário da FEI. São Bernardo do Campo, 2016.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: