Entenda uma Sondagem SPT

spt
Fonte: http://techne17.pini.com.br

O primeiro passo antes de iniciar os cálculos e os detalhamentos para um projeto de fundação é analisar o solo local onde iremos posteriormente estabelecer nosso edifício, ponte ou demais estruturas. Diversos são os ensaios capazes de medir qual é a resistência local, mas daremos ênfase principalmente no ensaio SPT, por ser esse o mais utilizado no Brasil. A Figura 1 ilustra um desenho esquemático do ensaio com os materiais necessários.

4-0
Figura 1 – O ensaio SPT. Fonte: SCHNAID (2006)

A Sondagem SPT é uma abreviação da palavra em inglês Standart Penetration Test, que em tradução livre significa Teste de Penetração Padrão. Como o próprio nome deixa claro, o ensaio consiste em uma penetração dinâmica e a resistência é medida através do número de golpes necessários para penetrar 30 centímetros do solo. A sondagem possui um peso normatizado de 65kg o qual é solto de uma altura de 75cm pelos operadores.

Ao realizar o ensaio SPT, o primeiro metro é sempre desprezado e então encontraremos 3 valores, cada um correspondendo a penetração de 15 centímetros. Entretanto, o valor de N1, número de golpes correspondente aos primeiros 15 centímetros, é afetado pela etapa de perfuração e então definimos o valor de SPT como sendo a soma de N2 e N3 – cada um correspondendo a 15 centímetros – ou então ao número de golpes para penetrar 30 centímetros do solo. A Figura 2 ilustra um exemplo dos resultados do ensaio SPT.

enc-sondagem-spt-exemplo
Figura 2 – Resultado do ensaio SPT. Fonte: Autor Desconhecido

Teste de Confiabilidade

Ao receber de determinada empresa um ensaio SPT, precisamos verificar se ele realmente representa aquele solo ao qual vamos realizar nossa obra. Para isso, podemos adotar esse teste para verificar a confiabilidade do ensaio.

O primeiro passo é somar todos os valores, correspondentes aos 45cm de penetração do solo (N1;N2;N3) e encontrando um “Ntotal”. Após isso, podemos adotar as seguintes equações:

N1 = 0,22 Ntotal
N2= 0,33 Ntotal
N3 = 0,45 Ntotal

Se os valores de N2 e N3 da Sondagem variam de 2 a 3 golpes em relação aos do teste de confiabilidade, podemos dizer que está mal feito e seria necessário um novo ensaio.

Esse artigo foi útil para você? Compartilhe esse artigo para que outras pessoas entendam esse conceito da Geotecnia. Se tiver dúvidas, deixe nos comentários que elas serão respondidas!

Fontes:

Aoki, Nelson; Cintra, José Carlos; Giacheti, Heraldo L; Tsuha, Cristina; “FUNDAÇÕES – ENSAIOS ESTÁTICOS E DINÂMICOS”. Oficina de Texto. São Paulo, 2013.

Amann, Kurt; “Notas de Aulas da disciplina de Fundações e Obras de Terra”. Centro Universitário da FEI. São Bernardo, 2016.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: