Como dimensionar Pavimentos flexíveis pelo Método da AASHTO (1993)

pav2

Em 1981 o DNER apresentou o método de dimensionamento de pavimentos flexíveis, o qual é baseado em resultados do United States Army Corps of Engineers (USACE) e em conceitos obtidos da pista experimental da AASHO. Esse método além de ser o apresentado aos graduandos em Engenharia, também é um dos mais utilizados pelos Engenheiros no Brasil enquanto o “novo método” de dimensionamento mecanístico-empírico é desenvolvido pelo DNIT.

Contudo, em 1993 a AASHTO apresentou o seu método de dimensionamento de pavimentos flexíveis, como uma atualização ao método anterior da AASHTO, o qual a base do método também é empírica e resultado da pista experimental da AASHO. Essse método apresenta como principais parâmetros de análise os seguintes itens:

Como dimensionar Cortinas para Contenção de Solos

O Dimensionamento da cortina consiste na determinação do comprimento do trecho enterrado da cortina, denominado de ficha, o qual é o comprimento necessário para garantir a estabilidade. O projeto de contenção deve avaliar as condições de carregamento drenado e não drenado para o cálculo de empuxos. Dessa forma a Tabela 1 resume as análises a serem realizadas com base nos tipos de solo e tipo de escavação.

dimensio
Tabela 1 – Resumo de Análises. Fonte: GERSCOVICH; DANZIGER; SARAMAGO (2016)

Como dimensionar pavimentos flexíveis pelo método do DNER (Atual DNIT)

pav-flexivel
O dimensionamento de um pavimento consiste na determinação das espessuras das camadas, e dos tipos de materiais que serão utilizados, como forma de construir uma estrutura capaz de suportar a um determinado volume de tráfego pré estabelecido pelo horizonte de projeto e nas condições climáticas.

Os pavimentos podem apresentar diversos modelos de ruptura, como foi apresentado anteriormente. A ruptura em que é verificada a incapacidade do pavimento de suportar as cargas aplicadas e apresenta deformações plásticas é caracterizada de ruptura plástica e estrutural.  Quando o pavimento não atende mais ao usuário, de forma a não propiciar o conforto e a segurança ao rolamento, caracteriza uma ruptura de natureza funcional. Dessa forma é necessário estabelecer um ou mais tipos de ruptura para o projeto.

O que é Equivalência de Cargas e como calcular o Número de Repetições do Eixo Padrão

Fonte da Figura: https://planetacaminhao.com.br/

Determinar o número de veículos que trafegam ao longo de uma via é extremamente importante para o dimensionamento dos pavimentos. Entretanto, além de determinar o número de veículos deve-se determinar quais são os veículos trafegam com base em seus eixos. Os veículos apresentam diferentes tipos de eixos e cada um causa um dano diferente ao pavimento.

Dessa forma, para o dimensionamento dos pavimentos é necessária a introdução de um conceito chamado de “Equivalência de Cargas”, o qual surge da observação de que para uma mesma estrutura do pavimento os efeitos destrutivos ocasionados ao longo do tempo, por veículos diferentes, também são desiguais.

%d blogueiros gostam disto: