Ícone do site Além da Inércia

Conheça o Muro de Alvenaria de Pedra

Anúncios

Os muros de alvenaria de pedra são os mais antigos muros de arrimo utilizados. Entretanto, com o passar dos anos, esse método foi perdendo sua utilização devido ao elevado custo e o emprego da alvenaria ser menos frequente, principalmente em muros com grandes desníveis. No caso de muro de pedras arrumadas manualmente, a resistência do muro é função do travamento entre blocos. Dessa forma a dimensão das pedras para estes travamentos são de extrema importância, exigindo dimensões regulares. A Figura 1 ilustra a contenção.

Figura 1 – Muro de Pedra. Fonte: https://casaeconstrucao.org

Este muro apresenta como vantagens a simplicidade de construção. Como o Muro é simplesmente travado pelas pedras, esse método dispensa o uso de dispositivos de drenagem pois permite que a água percole por seus vazios. Quando os blocos de pedras são disponíveis no local, o custo do Muro diminui expressivamente.

Muros de pedra sem a utilização de argamassa deve ser recomendada unicamente para a contenção de taludes com alturas de até 2 metros. A base do muro deve ter largura mínima de 0,5 a 1,0 metro, e deve ser apoiada em uma cota inferior à da superfície do terreno, de modo a reduzir o risco de ruptura por deslizamento no contato muro-fundação.

Fonte: Alvenaria de Pedras. Fonte da Figura: https://www.guiadaengenharia.com/

Quanto a taludes de maior altura, superior a 3 metros, deve-se empregar argamassa de cimento e areia para preencher os vazios dos blocos de pedras. Neste caso, podem ser utilizados blocos de dimensões variadas. A argamassa provoca uma maior rigidez no muro, porém elimina a sua capacidade drenante.

É necessário então implementar os dispositivos usuais de drenagem de muros impermeáveis, tais como dreno de areia ou geossintético e tubos barbacãs para alívio de pressões na estrutura de contenção.

Esse artigo foi útil para você? Compartilhe esse artigo para que outras pessoas entendam a função do Muro de Alvenaria de Pedra. Se tiver dúvidas, deixe nos comentários que elas serão respondidas!

Siga nas redes sociais abaixo para acompanhar nosso trabalho!

Fontes:

VARELA, M. “APOSTILA DE CONTENÇÕES DE SOLO”. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande. Rio Grande, 2015.

MILITITSKY, J. “GRANDES ESCAVAÇÕES EM PERÍMETRO URBANO”. São Paulo: Oficina de Textos, 2016.

BRAJA, M. D; SOBHAN, K; “FUNDAMENTOS DE ENGENHARIA GEOTÉCNICA”. 8º Edição. California: Cengage Learning, 2010.

GERCOVICH, D; DANZIGER, B.R; Saramago, R. “CONTENÇÕES: TEORIA E APLICAÇÕES EM OBRAS”. São Paulo: Oficina de Textos, 2016

Sair da versão mobile