Ícone do site Além da Inércia

Muros de Gabião e Tipos de Gabião para Contenção

Anúncios

Os Muros de gabião são estruturas de contenção por gravidade e são construídos pela sobreposição de “gaiolões” de malha de arames recozidos. Essas gaiolas são preenchidos com pedras cujos diâmetros mínimos devem ser superiores à abertura de malha para que não ocorra a saída das pedras pelos vazios. Estas gaiolas são empilhadas conforme o projeto, portanto são estruturas que demandam grandes dimensões para sua utilização. O método é executado “in loco” e empregado para faixas de altura da mesma ordem de grandeza das dos muros de gravidade. A Figura 1 ilustra aplicação de Gabião.

Figura 1 – Aplicação de Gabião. Fonte: MACAFERRI (2012)

Um muro de gabião possui diversas características importantes, porém sua característica mais valorizada nesse tipo de estrutura é sua capacidade de permitir a percolação de água, ou seja, por ser permeável e drenante. A permeabilidade do sistema permite a drenagem do fluxo de água que percola pelo maciço que está sendo contido, isto decorre devido ao alto índice de vazios desta estrutura. Além desta, outras características importantes são: a facilidade na execução, boa flexibilidade estrutural, integração paisagística e a durabilidade.

Existem 3 tipos de gabiões, sendo cada um indicado para diferentes situações. Entretanto, todos são constituídos dos mesmos materiais, a malha e as pedras. O primeiro tipo é o gabião caixa, que tem formato de um paralelepípedo e é o mais utilizado em muros de contenção por gravidade, muros de barragens e canalizações. O formato comercial da gaiola tem largura padrão de 1 m com altura variando de 0,5 a 1 m e comprimentos com opções de 1,50 à 4 metros. A Figura 2 ilustra o gabião tipo caixa.

Figura 2 – Gabião Caixa. Fonte: MACCAFERRI (2012)

O Gabião em colchão, também é conhecido como colchão reno. Esse tipo de gabião é semelhante ao caixa, pois também possui formato de paralelepípedo porém com altura menor, resultando em uma peça semelhante a um colchão. O sistema de gabião tipo colchão são empregados em revestimentos de canais, contenção em margens de rios, escadas dissipadoras e outras obras hidráulicas. O formato comercial da gaiola tem largura padrão de 2 m com opção de altura variando de 0,17, 0,23 e 0,30 m, com comprimentos em opções de 3 à 6 metros. A Figura 3 ilustra o sistema de gabião tipo colchão.

Figura 3 – Gabião Colchão. Fonte: MACCAFERRI (2012)

O terceiro tipo é o gabião saco, onde a malha é enrolada formando um cilindro que é preenchido com pedras e suas extremidades são amarradas. A grande diferença deste método de gabião em relação aos outros, é que o gabião tipo saco não é montados “in loco”, mas sim transportados já preenchidos e são locados por gruas ou guindastes. O sistema de gabião tipo saco é utilizado em obras emergenciais, obras hidráulicas submersas ou local de difícil acesso. O formato comercial do cilindro tem diâmetro padrão de 0,65 m com opção de comprimento variando de 2 à 3 metros. A Figura 4 ilustra o gabião do tipo saco.

Figura 4 – Gabião Saco. Fonte: MACCAFERRI (2012)

Esse artigo foi útil para você? Compartilhe esse artigo para que outras pessoas entendam esse conceito da Geotecnia. Se tiver dúvidas, deixe nos comentários que elas serão respondidas!

Siga nas redes sociais abaixo para acompanhar nosso trabalho!

Fontes:

VARELA, M. “APOSTILA DE CONTENÇÕES DE SOLO”. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande. Rio Grande, 2015.

MILITITSKY, J. “GRANDES ESCAVAÇÕES EM PERÍMETRO URBANO”. São Paulo: Oficina de Textos, 2016.

BRAJA, M. D; SOBHAN, K; “FUNDAMENTOS DE ENGENHARIA GEOTÉCNICA”. 8º Edição. California: Cengage Learning, 2010.

GERCOVICH, D; DANZIGER, B.R; Saramago, R. “CONTENÇÕES: TEORIA E APLICAÇÕES EM OBRAS”. São Paulo: Oficina de Textos, 2016

Sair da versão mobile